Programas

 

Além dos projetos e planos de ação nos quais atua com execução direta, o PROVE mantém uma série de programas em parceria com outros órgãos e projetos de apoio a outras organizações.


 

 

Projeto Adote uma Escola

 

 

Profissionais do PROVE interagem com o corpo de professores e direção das escolas através de seminários sobre problemas mentais e de comportamento para iniciar atividades de prevenção de violência escolar, como o bullying.

 

Programa Ambiente Escolar não violento

 

 

Além da prevenção são realizados seminários para facilitar a detecção de alunos com possíveis quadros psiquiátricos associados à violência. Os possíveis casos identificados são avaliados na equipe para encaminhamento de prevenção ou tratamento, tanto dos pais quanto do aluno. Além disso, o PROVE adaptou o programa de melhora do ambiente escolar em trabalho com a comunidade escolar, incluindo alunos, professores, direção e funcionários das escolas públicas. O Programa é baseado em um inovador projeto realizado na Inglaterra pelo pesquisador Peter Fonagy, que demonstrou ser altamente efetivo na melhora dos índices de violência e de rendimento escolar, sendo também barato e adaptável à realidade brasileira.

 

Programa Postos Avançados

 

 

O PROVE prevê células de atendimento nos locais periféricos da cidade de São Paulo onde os níveis de violência são mais elevados.

 

UNASUS

 

 

Programa de Aperfeiçoamento do Ministério da Saúde para profissionais da ESF (Estratégia Saúde da Família, ex-PSF), já em andamento. Curso de especialização à distância com aulas na área de psiquiatria e violência para profissionais de nível universitário do Estado de São Paulo.

 

Subprefeitura do Campo Limpo

 

 

Projeto com curso sobre violência e saúde mental para profissionais da ESF da região em parceria com Instituto RUKHA. Outras propostas de cursos de capacitação para agentes comunitários de saúde já foram apresentados à subprefeitura e aguardam aprovação.

 

CAPS Itapeva

 

 

Grupo de atendimento do PROVE no CAPS Itapeva. Voltado para atendimento de casos mais graves, com indicação de tratamento intensivo, e que possam necessitar de dispositivos de tratamento oferecidos por equipe multiprofissional (psiquiatria, psicologia, terapia ocupacional, enfermagem, assistência social, diversas oficinas voltadas para reabilitação e habilidades específicas).

Sobre o autor